Hipnotizando Maria (por Richard Bach)

novembro 28, 2014

Após orientar uma mulher a pousar em segurança seu avião depois que o marido perde a consciência, o instrutor de voo Jamie Forbes segue caminho sem se sentir impressionado com o seu próprio ato… Afinal, instrutores de voo orientam os alunos todos os dias.

Somente depois que a mulher relata aos repórteres que um estranho apareceu em um avião ao lado do seu e a hipnotizou para que ela conseguisse executar o pouso (e depois que ele encontra seu próprio orientador desconhecido), é que o instrutor de voo resolve o mistério maior: a forma como cada um de nós cria, passo a passo, o que aparenta ser o mundo físico ao nosso redor.

Os maiores mistérios são aqueles cujas respostas se encontram diante de nossos olhos.

As melhores soluções são aquelas para as quais, de repente, nos damos conta de que sempre soubemos a resposta.

 

Criamos nossa própria realidade? Ou apenas nossas próprias aparências?

Hipnotizando Maria_Richard Bach_Integrare Ed

Fonte: livro “Hipnotizando Maria”, de Richard Bach. Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, Consulte o livro ou entre contato conosco.

Saiba mais sobre o livro!


Aprenda a vender a si mesmo! (por Daniela do Lago)

novembro 26, 2014

Às vezes você faz tudo certo na empresa, mas esquece-se do seu marketing pessoal. A capacidade de vender (o que quer que seja) é um dos grandes segredos do sucesso. Todavia, esse conceito encontra ampla resistência em pessoas que veem a ideia da venda como algo pejorativo e negativo. Digo em meus cursos e treinamentos: “Você precisa, em primeiro lugar, aprender a vender você mesmo!”.

Ninguém atinge o sucesso sozinho. Sempre precisamos do apoio de pessoas-chave ao longo do caminho. Essas pessoas, porém, não são obrigadas a saber que você vale a atenção e o apoio delas, você precisa convencê-las disso!

Quanto mais nós dominarmos a arte da venda (que nada mais é do que pura persuasão), mais bem-sucedidos seremos naquilo que queremos, seja na vida pessoal ou na vida profissional.

Pense nisso. Se você é daqueles que se consideram péssimos vendedores, que acham que morreriam de fome se tivessem que viver de vendas, reflita. Essa sua falta de habilidade em vender o seu peixe não está impactando negativamente suas conquistas na vida?

Post_FB_26_11_despertar_profissional

 

Fonte: livro “Despertar Profissional – Dicas práticas de comportamento no trabalho”, de Daniela do Lago – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!


Cada filho é único! (por Içami Tiba)

novembro 24, 2014

O grande sonho dos pais é que os filhos sejam felizes e unidos como unha e carne. Muitos acreditam que esse sonho se realizará caso não privem nenhum filho de nada, isto é, tudo o que dão para um filho sentem-se obrigados a dar, igualzinho, também para os outros.

Entretanto, ninguém gosta de ser exatamente igual a ninguém. Para marcar as diferenças, os irmãos vão se engalfinhar: é unha de um na carne do outro.

É também importante saber que nem tudo o que aconteceu com o primeiro acontecerá com o segundo. Logo, o que foi bom para o maior talvez não sirva para o menor.

Mesmo nascidos do mesmo pai e da mesma mãe, os filhos nunca são iguais; além das diferenças genéticas, físicas e cromossômicas, a disponibilidade do casal e a disposição da família são diferentes conforme a idade e as etapas de vida.

Quem Ama Educa_Içami Tiba_Integrare Ed

 

Fonte: livro “Quem Ama, Educa! Formando cidadãos éticos”, de Içami Tiba – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

2013_03_coleções_site_Educação_midias


Algo além da grandeza (por Christina Carvalho Pinto)

novembro 21, 2014

Grandeza é algo tão inerente à vida como o ar que respiramos ou a água que bebemos. Invisível como o ar, disforme como a água, a grandeza está em toda parte.

Podemos reconhecê-la no imenso amor das mães, no poder regenerador do perdão, na generosidade da Natureza, na obstinação inquebrantável daqueles que acreditam na vida como um presente a ser cuidado qualquer que seja a circunstância.

Ao longo de nossa jornada, aqui e ali nos deparamos com a grandeza, seus gestos, seus sinais, seus efeitos milagrosos. Reconhecer a própria grandeza e a do outro (todos os outros), entrar em conexão com ela, nutri-la e compartilhá-la é certamente o sentido maior da história de cada ser humano.

Algo além da grandeza_Integrare Ed

Fonte: trecho do prefácio de Christina Carvalho Pinto para o livro “Algo além da grandeza”, de Judy Rogers e Gayatri Naraine. Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, Consulte o livro ou entre contato conosco.

Saiba mais sobre o livro!


Angústia e neurose por fazer tudo mais rápido (por Arthur Bender)

novembro 19, 2014

E nessa disponibilidade total em que permitimos definir nossas vi­das, todo mundo tem agenda cheia e está sempre correndo. Não importa se é uma dona de casa estressada com os afazeres, um grande executivo que viaja o mundo a negócios ou um profissional liberal de qualquer área. Empregado ou empreendedor. Está ficando difícil encontrar gente que tenha algum tempo de sobra. Pode até ter. O difícil é admitir, porque parece que a sociedade adotou isso como padrão. Todo mundo precisa ser/estar cheio de coisas para fazer para ser aceito por todos nós.

E você já reparou que parece que todo mundo está ansioso quando fala? Você ameaça falar e a pessoa completa sua frase. Você tenta de novo e ela dispara “sim, sim, sim” e não o deixa concluir. Você tenta novamente e vê que não vai dar, porque não importa o que você diga, a ansiedade é tanta que o outro fica concordando para que você conclua logo.

Paixão e significado da marca_Arthur Bender_Integrare Ed

 

Fonte: livro “Paixão e Significado da Marca – Ponto de virada e transformação de marcas corporativas, marcas pessoais e de organizações”, de Arthur Bender – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!


Pai rico, filho nobre, neto pobre (por Içami Tiba)

novembro 17, 2014

Uma vez que os filhos posam como se fossem ricos, tal qual os pais, ficam muito abusados, sentem-se detentores de grande autoridade e poder, mas na verdade não passam de posseiros numa área que não lhes pertence. Os pais fazem questão de que recebam educação e refinamento. Foi o que lhes faltou quando estavam ocupados demais em trabalhar para constituir seu patrimônio. Portanto, a nobreza é o complemento da riqueza, ou seja, os pais se realizam por meio do filho nessa complementação. E o filho, que não conquistou nada, apenas recebe dos pais a seguinte mensagem: “Para você, basta ser nobre, ter do bom e do melhor”.

Porém, não adianta o jovem receber um diploma de médico, se não cursou uma faculdade. Da mesma forma, não adianta receber um título de nobreza, se não o conquistou, porque os nobres também têm despesas. Alguém vai ter de sustentar o seu luxo. Se, na educação, os pais transmitirem ao filho a noção de que lhe cabe usufruir a nobreza, ele não estará nem um pouco preparado para se sustentar. E, muito provavelmente, nem chegue a se preocupar com isso. Continuará vivendo na nobreza à custa do pai vivo, ou, caso este esteja morto, à custa da herança, até liquidar o ultimo centavo.

Não é obrigatório que o filho de rico seja sempre nobre. Basta que os pais estabeleçam com a criança uma relação custo/benefício, nos critérios do próprio filho, quer dizer, o filho vai ter de arcar com as consequências de tudo o que fizer.

Pais que venceram na vida cometem um

erro fundamental na educação dos filhos,

quando os tratam como se fossem ricos

também, fazendo deles nobres.

FB_17_11_Seja_feliz_meu_filho

 

Fonte: livro “Seja Feliz, Meu Filho”, de Içami Tiba – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

2013_03_coleções_site_Educação_midias


É hora de ter um corpo saudável (por Michael Heppell)

novembro 14, 2014

O.k., fanáticos pela boa forma física, estão prontos? Sim? Então, é hora de… PARAR, desacelerar, respirar fundo e relaxar. Você realmente pensou que eu fosse lhe sugerir um programa que o preparasse para enfrentar uma maratona daqui a um mês? Ora, a ideia deste livro é mudar! Nosso estilo aqui é outro.

Acredito fervorosamente que se você quiser ter um corpo saudável terá de começar por uma mente saudável. Mude e comece pelo plano interior.

Aprender a relaxar de forma adequada exige a mesma dedicação do preparo para uma maratona. A única diferença é que você usará outro tipo de músculo. Muitos associam o relaxamento a sentar-se diante da tevê, entregar-se à inércia total, a tornar-se uma pessoa largada. Mesmo que haja espaço para esse tipo de diversão, não é necessário ler um livro para descobrir como aperfeiçoá-la!

Desafio você a aprender a relaxar adequadamente e, enquanto estiver nesse estado maravilhoso, usá-lo como ponto de partida para atingir a saúde e a vitalidade perfeitas. Assim, estará muito mais inclinado a fazer aquilo que sabe que precisa fazer. Encontrará tempo para isso e se sentirá feliz com o processo todo.

Mude_Michael Heppell_Integrare Ed

Fonte: livro “Mude – Como ajustar o ponto de vista e tirar o melhor de todas as situações”, de Michael Heppell. Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, Consulte o livro ou entre contato conosco.

Saiba mais sobre o livro!


%d blogueiros gostam disto: