Aprenda a ser chefe (por Max Gehringer)

novembro 12, 2014

É possível ser líder sem ser chefe.

Mas não ser chefe sem ser líder.

Liderança é a habilidade de unir, inspirar e conduzir pessoas em direção a um objetivo. Essa definição não se aplica apenas a uma carreira profissional, ela é a essência da própria história da humanidade. Quem se der ao trabalho de consultar uma enciclopédia sobre grandes vultos históricos verá que a maior parte deles ganhou fama por ter levado um grupo a um resultado.

No mercado de trabalho, existe muita gente que prefere não ocupar cargos de chefia. Essa é uma decisão pessoal, compreensível e aceitável. Ser chefe dá muita dor de cabeça, e é possível construir uma boa carreira sem ter subordinados diretos. Porém, mesmo quem pensa dessa forma não está isento de entender o que é ser chefe e de aprender a pensar como chefe, porque esse conhecimento facilitará o relacionamento com os colegas e, principalmente, com o chefe direto.

Aprenda a ser chefe_Max Gehringer_Integrare Ed

 

Fonte: livro “Aprenda a ser chefe – Um manual de dicas e sugestões para chefes presentes e futuros”, de Max Gehringer – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

 

Apresentação

Anúncios

O amor que ensina (por Içami Tiba)

novembro 10, 2014

Criança precisa de adulto responsável à sua volta. Agora os pais funcionam como consciência familiar e social. A criança já identifica o que quer, mas são os pais que ensinam, ou não, a adequação do seu querer. Portanto, mais que somente dar, está na hora de ensinar.

O aprender dá segurança ao filho, que pode começar a contra consigo próprio. É aqui que os pais começam a ensinar como é bom aprender a aprender, por meio de agrados, estímulos e reforços.

O amor dadivoso concede tanto prazer, que muitos pais continuam a doá-lo por um tempo indefinido, mesmo quando não é mais necessário, tornando-o, portanto, inadequado. Uma criança que nada faz não aprende, não transforma as informações em conhecimento. Por isso uma criança precisa mais fazer do que ouvir as repetições das ordens.

Post_FB_10_11_adolescentes_quem_ama_educa

 

Fonte: livro “Adolescentes – Quem Ama, Educa!”, de Içami Tiba – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

2013_03_coleções_site_Educação_midias


Receitas de Sucesso (por Leila Navarro)

novembro 7, 2014

A questão dos modelos de sucesso está estreitamente ligada à da confiança, embora à primeira vista não pareça. Quando adotamos o sucesso dos outros como referência para nossa vida, a tendência é fazer o mesmo que eles fazem para alcançar aquele sucesso.

Mas será que seguir a receita dos modelos de sucesso é garantia de bons resultados? Não é o que parece. As classes de MBA e pós-graduação das universidades estão lotadas de profissionais que almejam a direção da empresa em que trabalham, mas quantos deles realmente chegarão lá?

O fato é que, apesar de todos os esforços que fazemos, nem sempre as coisas ocorrem como planejamos. E nem podem ocorrer, porque tentamos viver a vida dos outros em vez da nossa. Nós nos dedicamos a desenvolver os talentos dos outros, não a reconhecer e burilar os nossos. Utilizamos soluções que funcionaram para os problemas alheios em lugar de criar soluções para os nossos. Perseguimos as oportunidades que surgiram para os outros e não vemos as que surgem para nós.

Confiança 1_Leila Navarro_Integrare Ed

Fonte: livro “Confiança – A chave para o sucesso pessoal e empresarial”, de Leila Navarro e José María Gasalla. Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, Consulte o livro ou entre contato conosco.

Saiba mais sobre o livro!


Porque o bom ser humano precede o bom líder (por Marcos Baumgartner)

novembro 5, 2014

Ao ler esta obra, validei a crença de que a capacidade de criar e renovar se alicerça no talento e no caráter. O talento humano, se não for orientado por um caráter reto, livre, entusiasta e responsável, desperdiça-se. Acredito que a ideia de liderança não pode ser despojada da sua dimensão moral. A bondade dos objetivos que motivam um líder, os valores que lhe estão associados – liberdade, solidariedade, justiça, tolerância –, bem como os meios que emprega para atingi-los, conferem-lhe ou retiram-lhe legitimidade para liderar. São virtudes estratégicas e centrais no âmbito de uma sociedade cada vez mais turbulenta e complexa em termos de valores, de contextos em mudança, de conflitos e incertezas.

Tornar-se um líder integral tem a ver com a nossa disponibilidade de sermos melhores. Tem a ver com o praticar e o aprender, no fazer do dia a dia. É através do viver e do trabalhar que nos aproximamos ou nos afastamos dela. Enfim, como Waleska nos faz entender, sempre será uma questão de escolha pessoal.

Marcos Baumgartner

Revista T&D Inteligência Corporativa Publisher

O líder integral_Waleska Farias_Integrare Ed

Fonte: trecho do Prefácio de Marcos Baumgartner para o livro “O líder integral – Porque o bom ser humano precede o bom líder”, de Waleska Farias – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

Convite de lançamento_O líder integral_Cultura RJ

 


DISCIPLINA – O limite tem que ser dado (por Içami Tiba)

novembro 3, 2014

As crianças aprendem a comportar-se em sociedade ao conviver com outras pessoas, principalmente com os próprios pais. A maioria dos comportamentos infantis é aprendida por meio da imitação, da experimentação e da invenção. Se os pais permitem que os filhos, por menores que sejam, façam tudo o que desejam, não estão lhes ensinando noções de limites individuais e relacionais nem lhes passando noções do que podem ou não podem fazer. Os pais usam diversos argumentos para isso: “Eles não sabem o que estão fazendo”. “São muito pequenos para aprender.” “Sabemos que não devemos deixar…, mas é tão engraçadinho.”

É preciso lembrar que uma criança, quando faz algo pela primeira vez, sempre olha em volta para ver se agradou alguém. Se agradou, repete o comportamento, pois entende que agrado é aprovação – e ela ainda não tem condições de avaliar a adequação do seu gesto.

A força dos pais está em transmitir aos filhos a diferença entre o que é aceitável ou não, adequado ou não, entre o que é essencial e supérfluo, e assim por diante.

Post_FB_03_11_disciplina

 

Fonte: livro “Disciplina – Limite na medida certa”, de Içami Tiba – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

2013_03_coleções_site_Educação_midias


%d blogueiros gostam disto: