As pessoas mais felizes são aquelas que aceitam o fluxo da vida! (por Gabriel Carneiro Costa)

A felicidade está no próprio caminho e não em um ponto de chegada. Tudo muda, tudo se transforma. Nada permanece o mesmo e aprendi que as pessoas mais felizes aceitam esse fluxo da vida.

Muita gente me pergunta qual a minha opinião sobre dinheiro e felicidade. O fato é que nessa minha jornada, me dei conta de que algumas perguntas devem ser usadas apenas para reflexão e não para serem respondidas. Aliás, muitas perguntas têm mais valor do que qualquer resposta. Dinheiro traz felicidade? Essa é uma delas.

Se eu estiver bem financeiramente, direi que dinheiro não traz. Se eu estiver endividado, direi que sim, traz. Ou seja, qualquer um que responda a esse questionamento estará falando dos seus valores e do seu momento de vida. O mais importante é que possamos, individualmente, responder a essa questão diante do cenário presente.

O que posso afirmar em todos os meus atendimentos é que dinheiro sozinho não representa nada. É apenas uma energia em vão. Obviamente, posso também afirmar que dinheiro é muito bom. Compra prazer, segurança, status, luxo, conforto. Também percebo que a falta de dinheiro impacta a felicidade tanto quanto a abundância. Mas o que a história deste livro nos remete é ao fato de que a maior herança que podemos deixar como seres humanos é a capacidade de viver uma vida, de fato, desejada.

 

2016-05_À sombra da cerejeira

Fonte: livro “À sombra da Cerejeira”, de Gabriel Carneiro Costa – Integrare Editora

 Saiba mais sobre o livro!

Promoção_Maio

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: