Caminhos e Descaminhos da Educação Brasileira

setembro 23, 2011

Qual a questão essencial da sociedade do conhecimento? – Uma educação sólida, de alta qualidade – dirá Paulo Nathanael Pereira de Souza, um dos maiores especialistas brasileiros no tema.

Em Caminhos e Descaminhos da Educação Brasileira, o autor tem por objetivo identificar as principais interfaces da crise, que afeta, de maneira avassaladora, o setor educacional brasileiro nos últimos trinta anos.

Não só as identifica como sugere mudanças de rota para minimizar os efeitos perversos dessa crise tanto para as gerações atuais como para o patrimônio escolar e cultural das vindouras.

Em três partes, a obra traça, de início, diagnósticos da crise a partir de modelos obsoletos de educação (popular ou elitizada), além de fornecer uma útil análise de países bem-sucedidos na educação de seu povo. A seguir, o leitor é brindado com artigos e excertos de várias épocas, que, ora reunidos, oferecem um claro histórico da luta do autor pela educação brasileira. Na terceira parte, Paulo Nathanael esclarece e sintetiza questões bastante atuais de educação e gestão, como estágios, Educação a Distância (EAD) e universidades corporativas.

Fonte: Trecho do Livro “Caminhos e Descaminhos da Educação Brasileira”, de Paulo Nathanael Pereira de Souza, Integrare Editora

 Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.

Clique aqui para baixar o 1º capítulo do livro!

Anúncios

Educação e Desenvolvimento no Brasil: uma necessidade urgente!

abril 19, 2011

Recentemente, uma revista de circulação nacional publicou estudo com a receita dos 7 passos que separam os tigres asiáticos, do Brasil, em desempenho educacional. Alguns deles deveriam ser imediatamente assumidos por nós, governo e sociedade civil, a saber:

Qual é, pois, a responsabilidade social mais urgente num país como o Brasil? Podem-se divisar duas, que não mais devem ser adiadas um só dia sequer, seja pelo governo, seja pela sociedade, principalmente pela sociedade, eis que, nas democracias, os governos só se movem quando empurrados pelo conjunto dos cidadãos:

Fonte: trecho do livro “Educação e Desenvolvimento no Brasil”, de Paulo Nathanael Pereira de Souza – Integrare Editora


%d blogueiros gostam disto: