O que realmente conta – Os 5H (Por Jõao Roberto Gretz)

janeiro 7, 2015

Quais são os 5 H? Humor, humildade, humanidade, harmonia e honestidade.

Ter humildade não é sentir-se inferior, nem mostrar-se submisso. É ter consciência das próprias limitações e, ao mesmo tempo, ter vontade de se aprimorar. É aceitar críticas, acolher sugestões e compartilhar com os outros o que se conhece.

           Humanidade é a realização plena da natureza humana. Envolve os sentimentos de bondade e benevolência em relação aos semelhantes, ou de compaixão e piedade, em relação aos desfavorecidos. É uma atitude que faz bem a todos, e mais ainda a quem a pratica.

          Harmonia é a capacidade de bem conviver, gerando um ambiente agradável e solidário, com verdadeiro espírito de equipe, totalmente afinado no alcance de objetivos comuns.

          Honestidade é a valorização da verdade e da ética em todos os relacionamentos – pessoais, funcionais, comerciais etc. Uma equipe de trabalho que se fundamenta também na honestidade é mais sólida, mais confiante, mais segura e mais positiva em todas as suas ações e atitudes.

As pessoas com senso de humor tendem a ser mais criativas, menos rígidas, mais flexíveis e mais dispostas a considerar e incorporar novas idéias e novos métodos. O segredo do humor é ver as coisas por um outro ângulo. Situações que parecem sérias e difíceis tornam-se às vezes simples de lidar, quando vistas de modo bem-humorado.

Pensamento estatégico_João Roberto Gretz_Integrare_Edit

Fonte: livro “Pensamento estratégico para líderes de hoje e amanhã”, Vários autores – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

Anúncios

Pensar estrategicamente é se tornar a mudança… Por Dulce Magalhães

julho 10, 2014

O pensamento estratégico se desenvolve quando, ao invés de caminharmos pelos cenários com pré-concepções das possibilidades vindouras, abrimos nossos sensores para, a cada instante, redefinir nossa posição e rever nossos passos, dentro da mutação constante do caminho, sem perder de vista o propósito.

A essência do pensamento estratégico não é a capacidade de previsão, mas da mutabilidade necessária na imprevisibilidade da existência. Dessa forma, estratégia torna-se sinônimo de flexibilidade e faz parceria com criatividade.

Pensar estrategicamente é se tornar a mudança, é ser absorvido pela realidade a cada passo do caminho, sem se apegar ao mapa das expectativas, que, muitas vezes, forma uma névoa em que não conseguimos enxergar o verdadeiro território.

 

Post_FB_10_07_Pensamento-estrategico

 

Fonte: livro “Pensamento estratégico para líderes de hoje e amanhã”, de Carlos Alberto Julio, Cesar Romão, César Souza, Clóvis Tavares, Eugenio Mussak, Içami Tiba, João Roberto Gretz, Leila Navarro, Luiz Almeida Marins Filho, Marco Aurélio Ferreira Vianna, Reinaldo Polito, Waldez Luiz Ludwig. Integrare Editora

 

Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.

Saiba mais sobre o livro!

 

 


%d blogueiros gostam disto: