Lançamento!

agosto 10, 2012

Anúncios

Educação na atualidade (Novas exigências)

setembro 19, 2011

Na educação: urge que sejam reformulados radicalmente os objetivos e procedimentos da escola que aí está a fim de transformá-la num centro ativo de preparação dos alunos para a autodidaxia e a educação permanente. Há que diminuir a importância das lições formais que transmitem conhecimentos cediços e, não raro, defasados, para levar crianças e jovens a uma postura interativa com professores, livros, computadores e expe­riências extraescolares, a fim de que desenvolvam capacidades de autoaprendizagem, de organização e aplicação de informações, de gosto pela pesquisa, de postura crítica, de tomada de decisão e de ação empreendedora.

Dentro de uma sucessão de causas e efeitos se poderá afirmar que de uma boa educação vai depender o poder de competição do trabalhador e deste, sem dúvida, dependerá o sucesso nesta nova economia da informação.

Fonte: Trecho do Livro “Caminhos e Descaminhos da Educação Brasileira”, de Paulo Nathanael Pereira de Souza, Integrare Editora 

Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.

Clique aqui para baixar o 1º capítulo do livro!


Os dez passos de delegação que reforçam a confiança

julho 8, 2011

Só podemos realmente pensar em delegar quando há tarefas especiais, contínuas ou grandes. É mais fácil delegar tarefas menores que são de “uma vez” (one-off) e relativamente simples, mas ainda assim temos de ter em mente os princípios de confianca e de respeito.

Para delegar algo especial há dez passos básicos:

Fonte: Trecho do livro “O Espírito do Líder 2 – Lidando com a incerteza permanente”, de Ken O’ Donnell


Pare de ser tão normal!!!

maio 24, 2011

Num mundo de alta competitividade, com milhares de profissionais normais e invisíveis, uma pequena diferença de comportamentoe de atitude pode resultar numa enorme vantagem competitiva. O mundo dos profissionais normais está prestes a falir como empresa. A normalidade não leva a lugar algum. Nenhuma marca bem-sucedida atingiu o sucesso por ser normal. O sucesso está ligado à criação de algo novo, diferente. Ninguém está disposto a pagar nem um centavo a mais pelo normal. O normal tem preço médio de mercado, é commodity.

O valor está na diferença. Isso vale para marcas corporativas e para marcas pessoais. A normalidade sá leva à guerra de preços de mercado, e aí, para se manter, você terá de dar muito desconto e fazer promoção com a sua marca. E esse é o primeiro passo para a perda de valor e para a invisibilidade no mercado.

Você pode não acreditar, mas a normalidade nao levará você a lugar algum. Num mundo cada vez mais dominado pela igualdade e pela medianidade, o valor está em não seguir o rebanho. O valor está em não seguir as regras, em não se conformar com o estabelecido, em contrariar a normalidade.

Pode parecer estranho, dependendo da ótica pela qual você olhar. Mas reflita bem e me diga se alguém construiu alguma coisa valiosa neste planeta conformando-se com a normalidade. Retroceda alguns séculos e constate isso. Pense nas artes, na música, nos negócios. Não se limite às invenções, mas reflita nas grandes transformações, nas grandes ideias, nas mudanças significativas, nos projetos brilhantes. Se pensar em cada uma dessas coisas, vai concluir que alguém não conformista foi lá, burlou as regras e fez diferente.

Fonte: trecho do livro “Personal Branding – Construindo sua marca Pessoal”, de Arthur Bender – Integrare Editora


%d blogueiros gostam disto: