janeiro 13, 2012

Shakespeare disse que “Nós somos feitos da mesma matéria que compõe os nossos sonhos!”. Com essa afirmação, ele confere um caráter de nobreza à qualidade humana de sonhar. Entretanto, se todos sonhamos, pois não se trata de uma prerrogativa e sim de uma qualidade, por que nem todos realizamos os nossos sonhos? É que os sonhos são como os deuses, só existem enquanto acreditamos neles, e é muito forte a tendência de as pessoas sonharem sonhos nos quais elas não crêem.

É aqui, neste átimo que separa a esperança do desespero, que reside a inteligência humana. O sonho precisa da inteligência para se realizar, senão ele vira frustração. Pensar estrategicamente é dedicar inteligência à realização de um ideal, e, para isso, é necessário começar transformando o sonho – algo etéreo – em um objetivo – algo mais denso –, e chegar ao plano de ação.

Quem não sonha e não tem objetivos claros tateia na escuridão da incerteza.

Eugenio Mussak

Fonte: trecho do livro “Pensamento Estratégico para Líderes de Hoje e Amanhã” Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.


%d blogueiros gostam disto: