Mude para ter uma saúde perfeita

junho 10, 2013

Meu amigo Mark Tough, da Lifephorce, diz: “A dor de cabeça não é resultado do mau funcionamento da aspirina”. Ele tem razão. Hoje, pensamos do seguinte modo: “Não me sinto bem, então vou tomar algo para reparar esse mal”. A indústria farmacêutica ganha muito dinheiro com isso. Mas e se você mudasse, concentrando-se em não se “quebrar”?

 

Na próxima vez em que pressentir a aproximação de uma dor de cabeça, tente beber um copo de água antes de dirigir-se ao armário dos remédios. Se perceber que essa dor tem sido frequente, reduza drasticamente a quantidade de cafeína e aumente de modo significativo a quantidade de água.

Uma das descobertas mais brilhantes, capazes de “reparar” o corpo, se deu quando eu soube de um novo modo de tratar a indigestão. Eu tinha crises quase diárias e, na tentativa de tratar a dor, engolia todo tipo de cápsulas para indigestão. Fiz isso até o dia em que resolvi adotar a dieta mude e descobri o vinagre de maçã. É bem provável que você esteja pensando, como aconteceu comigo, que a última coisa que tomaria ao sofrer de indigestão seria vinagre de maçã.

Caso você esteja lendo esse trecho segue uma advertência: não sou médico, não tenho qualquer formação na área médica e minha teoria sobre o porquê dessas coisas funcionarem é mera especulação.

Porém, se você sofre de indigestão, refluxo, azia ou seja lá qual for o nome dado a esse mal, talvez queira experimentar isso. Quando tiver problemas com digestão, simplesmente beba uma colher de chá de vinagre de maçã orgânico; em segundos, o incômodo terá passado.

A teoria simples que uso para explicar o porquê de isso funcionar é que o corpo está tentando produzir uma quantidade extra de ácido para compensar tudo o que você usou para alimentá-lo nas horas anteriores. Assim que você bebe o vinagre de maçã, seu organismo diz: “O.k., já tenho ácido suficiente. Não preciso de mais”. Desde então, descobri que o velho vinagre de maçã tem ainda outros benefícios para a saúde, mas deixarei que você os pesquise por conta própria.

Pare de visualizar a si mesmo como uma pessoa frágil à medida que envelhece. Mude e imagine-se cada vez mais forte com o passar dos anos. Até mesmo algumas das mais simples ideias do estilo mude, como ajustar levemente o espelho retrovisor do carro – de modo a ter de sentar ereto para poder usá-lo e, assim, melhorar sua postura –, podem exigir explicações demais.

“Mudar em relação à saúde” é um capítulo com a intenção de inspirá-lo a agir, a fazer algumas coisas simples para ter uma vida completamente saudável. Um brinde à mudança em direção à saúde plena!

Se lhe pedissem para escolher entre saúde ou riqueza, qual você escolheria? A resposta no estilo mude é: você pode ter ambas!

É hora de…

 

Imagem

 

Fonte: livro “Mude! Como ajustar seu ponto de vista e tirar o melhor de todas as situações”, de Michael Heppell – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

Anúncios

Mude para ter uma saúde perfeita

fevereiro 4, 2013

Meu amigo Mark Tough, da Lifephorce, diz: “A dor de cabeça não é resultado do mau funcionamento da aspirina”. Ele tem razão. Hoje, pensamos do seguinte modo: “Não me sinto bem, então vou tomar algo para reparar esse mal”. A indústria farmacêutica ganha muito dinheiro com isso. Mas e se você mudasse, concentrando-se em não se “quebrar”?

 

Imagem

 

 

          Na próxima vez em que pressentir a aproximação de uma dor de cabeça, tente beber um copo de água antes de dirigir-se ao armário dos remédios. Se perceber que essa dor tem sido frequente, reduza drasticamente a quantidade de cafeína e aumente de modo significativo a quantidade de água.

          Uma das descobertas mais brilhantes, capazes de “reparar” o corpo, se deu quando eu soube de um novo modo de tratar a indigestão. Eu tinha crises quase diárias e, na tentativa de tratar a dor, engolia todo tipo de cápsulas para indigestão. Fiz isso até o dia em que resolvi adotar a dieta mude e descobri o vinagre de maçã. É bem provável que você esteja pensando, como aconteceu comigo, que a última coisa que tomaria ao sofrer de indigestão seria vinagre de maçã.

          Caso você esteja lendo esse trecho segue uma advertência: não sou médico, não tenho qualquer formação na área médica e minha teoria sobre o porquê dessas coisas funcionarem é mera especulação.

          Porém, se você sofre de indigestão, refluxo, azia ou seja lá qual for o nome dado a esse mal, talvez queira experimentar isso. Quando tiver problemas com digestão, simplesmente beba uma colher de chá de vinagre de maçã orgânico; em segundos, o incômodo terá passado.

          A teoria simples que uso para explicar o porquê de isso funcionar é que o corpo está tentando produzir uma quantidade extra de ácido para compensar tudo o que você usou para alimentá-lo nas horas anteriores. Assim que você bebe o vinagre de maçã, seu organismo diz: “O.k., já tenho ácido suficiente. Não preciso de mais”. Desde então, descobri que o velho vinagre de maçã tem ainda outros benefícios para a saúde, mas deixarei que você os pesquise por conta própria.

          Pare de visualizar a si mesmo como uma pessoa frágil à medida que envelhece. Mude e imagine-se cada vez mais forte com o passar dos anos. Até mesmo algumas das mais simples ideias do estilo mude, como ajustar levemente o espelho retrovisor do carro – de modo a ter de sentar ereto para poder usá-lo e, assim, melhorar sua postura –, podem exigir explicações demais.

          “Mudar em relação à saúde” é um capítulo com a intenção de inspirá-lo a agir, a fazer algumas coisas simples para ter uma vida completamente saudável. Um brinde à mudança em direção à saúde plena!

          Se lhe pedissem para escolher entre saúde ou riqueza, qual você escolheria? A resposta no estilo mude é: você pode ter ambas!

          É hora de…

 

Fonte: livro “Mude! Como ajustar seu ponto de vista e tirar o melhor de todas as situações”, de Michael Heppell – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

 


Para a criação de energia!

outubro 17, 2012

Aqui está o melhor guia (em minha opinião) para queimar calorias e manter-se em forma (baseado em rápidas pesquisas na área médica e compartilhado aqui somente porque funciona em meu caso).

 

Dê o primeiro passo: Não importa como, mas comece. A espera pela matrícula na academia, pelo programa de exercícios perfeito ou por uma solução metabólica feita sob medida para você não passa de uma desculpa para não se movimentar.

 

Busque a variação: Encontrei um senhor de 80 anos que era capaz de fazer 200 flexões. O problema: este era o único tipo de exercício que ele sabia fazer. Você irá deparar com experts que alegam que o método deles é o melhor ou o único para manter-se em forma. Recomendo que você teste vários deles até encontrar o tipo de exercício que lhe agrada mais e que funciona em seu caso particular. Numa semana típica, posso fazer uma corrida de 10 km e uma de 4 km, acompanhar a série de exercícios em DVD de Davina McCall (brilhante, e minha predileta) e dois ou três exercícios da série de Paul Mort, a fim de queimar calorias. Se tenho bastante tempo livre, minha sessão leva de 30 a 45 minutos. Se estou com pressa, faço cinco minutos.

 

Exercite-se ao lado de alguém: Sempre faço isso ao lado de minha esposa. Eu a estimulo e ela certamente me motiva. Quem mais pode lhe dar uma dura se você decidir pular um dia?

 

Faça alongamentos: Eu não gostava de me alongar, achava isso uma perda de tempo. À medida que fui melhorando minha forma física e meus músculos cresciam, fui colecionando pequenas contusões. Isso parou de acontecer quando aprendi a me alongar da maneira correta.

 

Mantenha a postura: Ter uma postura adequada irá melhorar todos os aspectos de sua vida. Marque uma consulta com um osteopata ou um quiroprata e pergunte a eles o porquê.

 

Beba muita água: Comece bebendo 1,5 litro por dia. Fazer exercícios quando o corpo está desidratado provoca um desgaste desnecessário para o organismo.

 

A alimentação consiste em 80%: Por mais que eu tenha exaltado os benefícios do exercício físico, lembre-se de que cerca de 80% do ganho ou da perda de peso deve-se à alimentação.

 

Fonte: livro “Mude! Como ajustar seu ponto de vista e tirar o melhor de todas as situações”, de Michael Heppell – Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.

Saiba mais sobre o livro!


Raciocine como uma criança

julho 25, 2011

E que tal mudar, passando a raciocinar mais como uma criança?

As crianças pensam de modo diferente. Também aprendem com maior rapidez, testam novas ideias e se divertem mais. Pensam de modo eficiente. Desde cedo, elas são estimuladas a explorar, a correr riscos e a ir à luta. Posteriormente, à medida que crescem, essas características vão sendo deixadas de lado, devido a uma combinação entre o sistema escolar e a competição com colegas. É uma tragédia constatar quão pouco criativos os adolescentes se tornam ao deixar a escola em comparação com o mundo mágico das crianças pequenas.

Lanço um desafio. Na próxima vez que você deparar com um problema, aborde-o da mesma forma que uma criança. Caso você tenha esquecido o que as crianças fazem ao aprender, aqui vão algumas ideias:

Fonte: Trecho do livro – Mude! Como ajustar seu ponto de vista e tirar o melhor de todas as situações, de Michael Heppell


%d blogueiros gostam disto: