Transformando o amor em realidade…

junho 29, 2012

As coisas que buscamos já estão em nós. Mas talvez você esteja pensando: “Espere um pouco. Façamos aqui um confronto com a realidade.

Se o amor, a paz e a felicidade já estão sempre dentro de mim, por que não os sinto o tempo todo?”. Talvez pelo fato de ter aprendido a “acreditar” que, para sentir essas coisas, precisa ir buscar algo, ser algo ou encontrar alguém. Mas, na verdade, a única maneira de sentir essas coisas é “dando” alguma coisa, pois, quando você dá algo com amor, quem é que sente primeiro esse amor? Você mesmo! Mas não me interprete mal: não estou sugerindo que vá para o escritório amanhã e saia dizendo “Eu te amo” para todos ao redor. Bem, pode fazer isso, se quiser, mas eu não recomendaria (se fi zer, conte-me como foi!).

Porém, que aparência tem a energia do amor, quando posta em ação? Que tipos de comportamento são motivados, moldados e estimulados pelo amor? Reserve um momento para compor uma lista, numa folha à parte, a qual, provavelmente, será parecida com a seguinte.

 

 

As suas ações nascem daquilo que é verdadeiro dentro de você, a partir da energia do seu coração. Você está usando a energia do seu coração, que é o amor, e, à medida que a usa, que a partilha, não importa de que maneira, você é a primeira pessoa a senti-la e a sentir-se fortalecido com ela.

 

Fonte: livro “Os sete mitos sobre o Amor”, de Mike George – Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.

Clique aqui para baixar o 1º capítulo do livro!

 

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: