Cuidado com os argumentos dos filhos para justificar o uso de drogas. (por Içami Tiba)

Infelizmente, na sociedade vencem as informações que banalizam os efeitos da maconha, enquanto as informações científicas e psicológicas que dão a real dimensão do seu uso não ganham o espaço merecido e necessário.

A fama dá poder a suas palavras, que pouco ou nada têm de científico e psicológico. Falar sobre aquilo de que não se tem verdadeiro conhecimento é falta de responsabilidade social, pois o público que reconhece sua notoriedade tende a acreditar nessas palavras.

A maioria dos usuários a que atendo minimiza seu uso para os pais se estes descobrem. O sonho dos pais está muito longe da realidade desses filhos, que podem contra-argumentar: “Que diferença existe entre meu baseadinho de fim de semana e o seu uísque (ou cigarro) de todos os dias?”

Um usuário de drogas sempre encontra outro em piores condições. Por isso, não se comparar com alguém em melhores condições é um mecanismo de defesa do usuário. O aperitivo do pai num fim de semana ou o pesado tabagismo da mãe não diminuem a ação da maconha no organismo do filho.

O que os pais não devem fazer é minimizar os próprios vícios e problemas. É melhor confirmar para o filho que eles têm, sim, os seus problemas. Mas isso não deve ser encarado como justificativa ou permissão para que outras pessoas, em especial os próprios filhos, façam uso de drogas.

insta_02_10_Disciplina_Içami Tiba_Integrare_Edit

Fonte: livro “Juventude & drogas: anjos caídos”, de Içami Tiba. Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, Consulte o livro ou entre contato conosco.

Saiba mais sobre o livro!

Kit site QAE

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: