Videogame: qual o limite? (por Içami Tiba)

É um dos brinquedos que mais distraem as crianças, mas ao mesmo tempo o videogame também representa um perigo: o vício. É importante saber quando o filho está passando dos limites saudáveis. Os excessos podem ser percebidos pelos seguintes sintomas:

  • é difícil parar de jogar;
  • qualquer tempinho que sobra ele começa a jogar “só um pouquinho”;
  • atrapalha as atividades familiares de convivência: papos, saídas, jantares etc.;
  • fica sem tempo para fazer os deveres escolares;
  • avança no horário de deitar-se e apresenta dificuldade de acordar;
  • há brigas porque invadiu horário de outros jogarem etc.

Quando há excesso, é porque a criança perdeu o controle. Então é preciso que alguém, principalmente a mãe ou o pai, a ajude a recuperá-lo. Um dos meios é estabelecer um horário para parar de jogar. Os pais não devem cair no seguinte argumento: “Espera, pai, está faltando só um pouquinho para terminar o jogo”. O que está combinado é parar de jogar, e não terminar o jogo, que tanto pode acabar dali a minutos quanto levar muito mais tempo. Caso a criança não aceite esse horário, não deve nem começar a jogar. O que está combinado tem de ser cumprido. Quanto maiores forem os prejuízos para as suas atividades, menor deve ser o tempo estipulado para o jogo. Como não se trata de castigo, e sim de arcar com as consequências do jogo, à medida que os prejuízos são recuperados a criança ganha mais minutos para jogar.

insta_29_06_QAE_Içami Tiba_Integrare_Edit

 

Fonte: livro “Quem ama educa!: formando cidadãos éticos”, de Içami Tiba – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

2013_03_coleções_site_Educação_midias!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: