Não são eles – é você! (por Mike George)

Pare um momento para refletir sobre a última vez em que sentiu raiva de alguém. Talvez seja difícil perceber que sua raiva nunca é criada por ninguém além de você mesmo.

Embora “pareça” que as atitudes da outra pessoa são responsáveis pelo seu estado emocional, trata-se simplesmente, na verdade, da sua “reação” à pessoa ou ao acontecimento. Você apenas se esquece de que tem a opção de escolher e que não precisa reagir com raiva. Essa escolha é facilmente obscurecida pela raiva, que parece crescer naturalmente em você. Talvez acredite que ela é instintiva, portanto algo saudável, e que nada deve ser feito quanto a isso. Eis por que tantas pessoas defendem a própria raiva e se irritam facilmente quando alguém tem uma opinião diferente!

A raiva é um processo aprendido; portanto, pode ser desaprendida. Isso significa: não a reprima, não a sufoque, não a expresse. A única coisa que resta disso tudo é a transformação. A transformação da raiva requer a compreensão das causas que originam seu sofrimento emocional. Quando você enxerga a causa, tem duas opções:

a) parar de produzir esse sentimento; ou

b) continuar a criá-lo.

Viva com sabedoria_Mike George_Integrare_Edit

Fonte: livro “Viva com Sabedoria: uma viagem que parte da raiva com destino à paz e ao perdão”, de Mike George. Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, Consulte o livro ou entre contato conosco.

Saiba mais sobre o livro!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: