Cigarro: um inimigo a combater (por Içami Tiba)

dezembro 1, 2014

A criança recebe um estímulo muito forte quando seus modelos pais e familiares fumam.

Mas, ao descobrir que o cigarro faz mal à saúde através dos noticiários, dos pais ou da escola, a criança começa a patrulhar os fumantes, sobretudo aqueles que são compulsivos. Sua vigilância é constante, não mede hora nem local e, às vezes, coloca os adultos em situações embaraçosas. E, por não conseguirem superar o vício, muitos pais respondem mal a tal situação, chegando a maltratar seus filhos.

Essa barreira que as crianças têm contra o cigarro – saber que ele faz mal à saúde – é, então, quebrada por esses adultos. O que os pais usarem para defender o vício é o que o adolescente usará para defender o seu.

Se os pais não conseguirem parar efetivamente de fumar, deveriam, pelo menos, não fumar na presença dos filhos.

Fumantes se esquecem de que fumar é um problema também para as pessoas próximas. Além disso, o nariz não seleciona o ar que respira; e o fumante transforma em fumante passivo quem estiver por perto.

 

Juventude e Drogas_Içami Tiba_Integrare Ed

Fonte: livro “Juventude & Drogas – Anjos caídos”, de Içami Tiba – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

2013_03_coleções_site_Educação_midias

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: