O que o mercado quer mesmo é a verdade! (por Lígia Fascioni)

outubro 15, 2014

É melhor você assumir suas características e torná-las um diferencial positivo do que investir muito tempo, muito dinheiro e muito desgaste para mudar a sua essência (sem garantias de conseguir) e ficar igualzinho ao que todo mundo diz que é (inovador, ético, valorizador de pessoas, respeitador do meio ambiente, blá, blá, blá…).

Essas frases marketeiras sobre as querências do mercado se parecem muito com as daqueles livros bobinhos de autoajuda que ensinam “o que as mulheres querem”, “o que os homens desejam”, “o que fazer para agarrar um solteiro” e outras bobagens afins. “O que o mercado quer” é uma afirmação muito genérica. O tal do mercado é uma entidade complexa e cheia de nichos. Cabe a cada empresa encontrar um para chamar de seu, justamente aquele que gosta dela tal como é.

O sucesso depende mais da atitude e das estratégias corretas para conquistá-lo do que de fazer sempre o que se acredita que “o mercado queira”.

DNA Empresarial_Lígia Fascioni_Integrare Ed

 

Fonte: livro “DNA Empresarial – Identidade corporativa como referência estratégica”, de Lígia Fascioni – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: