Já não basta mais ser cidadão, precisa ser ético! Por Içami Tiba

Qualquer que seja a família, o projeto racional de educação é de formar um cidadão ético. Já não basta mais ser cidadão, precisa ser ético. E educar, como se sustenta ao longo deste livro, não é simplesmente fazer o que já se sabe, mas atualizar, quebrando velhos modelos equivocados, dos quais cito alguns:

• Fazer pelo filho o que ele próprio pode fazer sozinho.

• Deixar de cobrar obrigações que ele tem que cumprir.

• Engolir contrariedades, respostas mal‐educadas, desrespeito aos outros.

• Permitir que o filho imponha suas inadequadas vontades a todos.

• Concordar com tudo o que o filho faz e fala só para não contrariá‐lo.

 

Os pais têm de ser coerentes entre si e não permitir que os filhos façam em casa o que não poderão fazer na sociedade; ao contrário, devem exigir que já façam em casa o que terão de fazer fora dela. Têm que ser constantes, isto é, uma vez dito um não, este não deve ser mantido, não ser transformado em sim. Pois quem quebra a disciplina dos filhos geralmente são os pais que não aguentam manter um não diante da pressão dos filhos.

Castigos não educam. O que educa são as consequências, a transformação do erro em aprendizado.

 

Post_FB_07_07_quem_ama_educa

 

Fonte: livro “Quem Ama, Educa! Formando cidadãos éticos”, de Içami Tiba – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

 

2013_03_coleções_site_Educação_midias

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: