Ensine o seu filho a cuidar de si mesmo! Por Içami Tiba

Se um filho subisse sobre a mesa, fosse para a borda e lá ficasse em pé olhando para o chão, o que os pais fariam? Correriam em direção a ele gritando: “Não pule”; “Você vai cair!”, etc. Difícil é ensinar durante uma emergência como esta. Ao ouvir “Não pule”, o filho identifica primeiro a ação forte “pular” para depois ouvir a negação. Pela ansiedade dos pais aflitos gritando com ele, o filho compreende o “pular” e já pula antes de compreender o “não”. E se o filho escuta “Você vai cair!”, ele simplesmente cai, porque é uma ordem…

Se os pais querem que ele pare, sejam diretos e firmes, com voz de comando: “Pare!”. Ele para. E, então, os pais vão com passos firmes, sem afobação nem correria, para pegá‑lo durinho como uma pedra.

Assim que puderem, os pais devem explicar o perigo de subir na mesa e ensinar onde o filho pode subir sem riscos. Um filho aprende a lidar consigo sentindo na sua pele o que os pais fazem com ele. Se os pais o maltratam, ele aprende a se maltratar.

 

Post_FB_16_06_Educacao_Familiar

 

Fonte: livro “Educação Familiar – Presente e Futuro”, de Içami Tiba – Integrare Editora

Saiba mais sobre o livro!

 

2013_03_coleções_site_Educação_midias

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: