Não confundam consequências com castigo: consequências despertam a cidadania nas pessoas! Por Içami Tiba

Os pais têm que ensinar o filho a assumir as consequências dos seus atos. Se um filho não sabia que não podia fazer, os pais têm que ensiná-lo e já comunicar as consequências. Se o filho já sabia, e mesmo assim errou, está na hora de cobrar dele.

Não confundam consequências com castigo. Consequências são produtos da responsabilidade.

            A existência das consequências depende muito mais do filho que cumpre ou não cumpre o seu dever. Se o cumprir, nada lhe acontece. Se não cumprir, haverá consequências. Consequências despertam a cidadania nas pessoas; isto é, deve-se fazer o que tem que ser feito, mesmo que os pais não estejam presentes. Esse é o desenvolvimento do dever. Quem cumpre os seus deveres tem alta performance na vida.

Imagem

Fonte: livro “Educar para formar vencedores – A nova família brasileira”, de Içami Tiba – Integrare Editora

 

Saiba mais sobre o livro!

Imagem

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: