Permita-se experimentar olhar as coisas sob uma nova perspectiva

 

O que eu gostaria de provar a você é que podem existir outros pontos de vista que geram novas perspectivas para o que VOCÊ TEM HOJE, para ONDE VOCÊ ESTÁ ou para o que VOCÊ PERSEGUE e, talvez, neste momento, não esteja conseguindo enxergar com clareza.

E o valor maior ou menor atribuído por você para esse seu patrimônio atual, para a perspectiva ou para o caminho que tem pela frente só depende do seu olhar e do seu julgamento. QUEM DETERMINA O SENTIDO DA SUA VIDA É VOCÊ. O crédito ou o descrédito, a chama acesa ou apagada, a abundância ou a limitação podem não ser uma unanimidade, dependendo de quem e de como os interpreta. QUEM DÁ O SIGNIFICADO PARA A SUA MARCA É VOCÊ. Lembre-se da frase: “O cor-de-rosa é o azul-marinho da Índia”.

“Quando estiver em dúvida, adote automaticamente o padrão Steve Jobs. Pergunte como o seu projeto, por exemplo, se sairia em uma escala cujo grau máximo é: insanamente genial.” Tom Peters

Bom. Se você está insatisfeito ou se acredita que as coisas poderiam estar acontecendo de outra forma, eu lhe proponho o seguinte exercício, com algumas alternativas. Marque com um X a sua opção:

A (     ) Continue a se lamentar, chore na frente do espelho e reclame o tempo todo pelo resto da sua vida. Alugue as pessoas à sua volta com suas chorumelas, dores, cansaço, estresse e reclame sempre da empresa na hora do almoço. Todo mundo adora pessoas assim. Fale mal do se chefe para todos os colegas. Isso ajuda muito. E reclame da falta de espaço, de perspectiva e de quanto você está cansado dessa vida. Se possível, coloque suas lamúrias nas redes sociais. É ótimo abrir sua página no Facebook e, mesmo sem conhecê-lo, constatar pelas suas declarações como você deve ser uma pessoa legal!

B (     ) Faça alguma coisa por você e dê sentido à sua vida.

C (     ) Faça alguma coisa por você e dê sentido à sua vida.

D (     ) Faça alguma coisa por você e dê sentido à sua vida.

E (     ) Faça alguma coisa por você e dê sentido à sua vida.

Você pode ver as coisas como quiser

Você pode olhar as coisas como quiser e atribuir a perspectiva que achar melhor. Você é você e suas crenças. Você é você e suas circunstâncias. Você pode decidir e fazer o que quiser. Mas minha provocação segue o espírito crítico (e de certa forma cínico) do Tom Peters, de encarar a busca pela excelência e a ideia de construir catedrais, perguntando:

Se não for isso, será o quê? Se não for agora, quando será?

 

2_Paixão_Arthur Bender_Integrare Ed

 

Fonte: livro “Paixão e significado da marca – Ponto de virada e transformação de marcas corporativas, marcas pessoais e de organizações”, de Arthur Bender – Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.

Saiba mais sobre o livro!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: