A importância do nada

Quando penso na nossa incapacidade de ficar no nada (na qual me incluo), dois pontos em especial me chamam atenção. Primeiro: nós, seres humanos, seres pensantes, precisamos dar significado às coisas, dar um sentido a partir de nosso próprio olhar. O sentido que passa pela nossa história de vida, por nossos registros.

Nosso cérebro desde cedo é bombardeado por estímulos e se acostuma a ficar sempre em funcionamento.

Ao perdermos a capacidade de ficar no nada, abandonamos alguns aspectos positivos da vida. Perdemos aquilo que alguns chamam de “ócio criativo”, aquele espaço de não fazer nada, onde surgem ótimas ideias, respostas ou insights. Perdemos também algo muito importante para o nosso desenvolvimento pessoal: a capacidade de ouvir nossos próprios barulhos, nossos diálogos internos, nossas emoções mais íntimas, nossas sensações, nossos mais secretos pensamentos.

Muitas vezes esses barulhos internos podem ser ensurdecedores, angustiantes e insuportáveis. Mas é necessário parar e ouvir para se dar conta de que algo não está bem, para poder então se acalmar e, dentro do possível, se harmonizar. Se harmonizar não significa que nossos sons internos precisem entoar uma bela melodia.

Para isso, o “nada” pode ser um grande aliado, um facilitador. Pode não parecer muito tentador, mas não tenho dúvidas do quão enriquecedor pode ser. Quando convivermos melhor com ele, talvez possamos também lidar de modo mais tranquilo com nossas emoções, sem precisar descobrir a razão por que amamos tal pessoa e não outra, por que nos sentimos bem ao ouvir o som do mar, por que nos sentimos tristes de vez em quando, por que nos emocionamos com uma música ou diante de um jardim florido. Poderemos sentir e ponto, sem entrar na espiral de hipóteses que nos enlouquecem e nos afastam de nós mesmos.

 

Fonte: livro “Mulher sem Script”, de Natércia Tiba – Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.

Clique aqui para baixar o 1º capítulo do livro!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: