Os dilemas do cotidiano feminino e desafios das relações familiares

Nas últimas décadas, o papel da mulher tem sofrido muitas transformações. Muitas conquistas foram realizadas como melhores empregos e ocupação de um espaço cada vez significativo na sociedade, mas com isso surgiu a dupla jornada. Elas, além de se firmarem enquanto profissionais de sucesso, ainda precisam dar conta das atividades que dizem respeito à administração da casa e da família. Diante deste contexto, é muito comum que mulheres tenham sentimento de culpa latente. O resultado é, em alguns casos, uma vida exaustiva e angustiante.

 

Em Mulher sem Script, lançamento da Integrare Editora que chega às livrarias de todo País em maio, a psicóloga e psicoterapeuta Natércia Tiba mostra um olhar leve e descontraído para a realidade, a partir do qual é possível refletir e crescer como pessoa, bem como melhorar a qualidade dos relacionamentos. Para isso, reuniu em seu livro crônicas que remetem à situações comuns ao universo feminino que incluem desde a maternidade e a carreira, até o jogo de cintura necessário para lidar com os desafios dos relacionamentos e da rotina.

 

Como a própria autora deixa claro, Mulher sem Script é um livro de crônicas que não traz soluções nem receitas, mas compartilha reflexões não apenas da psicóloga, mas também da mulher, mãe, esposa, filha e irmã. “Este livro é um recorte, um parênteses em meio ao dia-a-dia no qual me senti à vontade para falar e refletir sobre relacionamentos e comportamentos, crenças e valores, mas também dar voz à angústias que muitas de nós sentimos, mas não expressamos por julgarmos politicamente incorretas, ou por receio de que sejam mal interpretadas se colocadas fora do contexto apropriado”, ressalta a especialista.

 

Na obra, Natércia divide com os leitores algumas de suas próprias angústias, todas nascidas a partir do sentimento de uma alma feminina que deseja dar conta de tudo, mesmo sabendo ser uma tarefa impossível. Mas são justamente tais sensações que acabam se tornando molas propulsoras para reflexões que geram o crescimento. “Meu desejo é aguçar o olhar para pequenos fatos, situações e relações que podem passar despercebidos. Despertar ou reacender nossa capacidade de percepção que vai além do que vemos no dia a dia.”, completa a autora.

Com prefácio do psiquiatra e educador Içami Tiba, a obra traz exemplos reais, como o relatado na crônica “Foi dada a largada”, em que Natércia discorre sobre a dura, mas gratificante, rotina de levantar cedo para mandar as crianças para a escola. Outro exemplo do cotidiano e que também pode gerar empatia com o público é o narrado em “Vivendo a vida por inteiro”, onde a especialista fala sobre o peso que o modelo tradicional feminino ainda exerce, não permitindo que as mulheres abram mão de funções que não mais precisam ser exercidas por elas e ao mesmo tempo, sentindo-se culpadas por obter prazer em realizações no papel profissional e não apenas no papel que ocupa dentro da família.

 

Todas essas situações, comuns a grande maioria das mulheres, são tratadas em textos bem-humorados e complementadas por imagens divertidas e sensíveis em parceria com o ilustrador André Ceolin.

 

Fonte: livro “Mulher sem Script”, de Natércia Tiba – Integrare Editora

 

Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.

Clique aqui para baixar o 1º capítulo do livro!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: