Foco não é monotonia!

Ter foco não é se tornar monótono, um samba de uma nota só. Ao contrário, é ser mais diverso, mais criativo, mais curioso, um buscador por excelência. É preciso acolher e viver o novo, ao menos de vez em quando. E, especialmente, é preciso ser capaz de abrir mão do que nao se quer para chegar ao que se quer. Por vezes, o melhor que podemos fazer por nós mesmos é, simplesmente, parar. Deixar de levar e deixar-se levar. Desistir nao quer dizer fracassar, pode ser o reconhecimento de que algo apenas deixou de ter sentido.

Mudar de curso, como um rio, para continuar em direção à união com o vasto mar. Tornar-se maior depende de ser capaz de fluir pela vida, sem se estagnar em certos modelos rotinas, compromissos ultrapassados, deveres impostos.

Há uma missão maior: alcançar a si mesmo, realizar-se.

 

Fonte: Trecho do Livro “O Foco define a Sorte – A forma como enxergamos o mundo faz o mundo que enxergamos”, de Dulce Magalhães – Integrare Editora

Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.

Clique aqui para baixar o 1º capítulo do livro

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: