Cumprimento da palavra dada

setembro 5, 2011

Se percebemos que uma pessoa se esforça para cumprir as promessas que faz, somos mais propensos a confiar nela. O contrário também é verdadeiro: quem faz promessas mas não as cumpre ganha a desconfiança alheia.

Somos capazes de compreender que alguém não honre a palavra dada se tiver um forte motivo para tal, mas, se isso acontece com alguma freqü.ncia, a pessoa perde a credibilidade.

Outra situação que também ocorre é que, se a promessa é importante e cria grande expectativa, porém não se realiza, o desapontamento faz com que haja uma quebra de confiança imediata. Um chefe que promete uma promoção e termina não honrando a palavra dada perde a credibilidade perante o funcionário.

Todas essas possibilidades recomendam cautela com as promessas que se faz. Melhor ser reconhecido como alguém que promete pouco, mesmo que não faça muito, do que ser reconhecido como alguém que promete muito e faz pouco.

 

Fonte: Trecho do livro “Confiança – A chave para o sucesso pessoal e empresarial”, de Leila Navarro e José Maria Gasalla

Para mais informações sobre o tema, consulte o livro ou entre contato conosco.

 Clique aqui para baixar o 1º capítulo do livro!


%d blogueiros gostam disto: