Um manual para o cérebro

Imagine que você é um atleta olímpico, musculoso, incrivelmente flexível e – em termos cardiovasculares – em boa condição, mas fica atolado em um pântano ou em uma areia movediça.

O que você pensaria? Invariavelmente, que o modo para sair dessa encrenca é usar sua energia olímpica. O que aconteceria se você fizesse isso? Afundaria rápido.

É aí que, como diz Shakespeare, eis a questão. Essa é a essência do dilema. Apesar de ser inteligente, poderoso e focado, você, o atleta olímpico, afundaria, pois não aplica o pensamento correto para o desafio que está enfrentando. Você afundaria apesar – e por causa – de seus melhores esforços.

Isso é o que muitas pessoas fazem quando precisam usar o cérebro – nós, sem intenção, não sabemos como acessar e aplicar esses poderes imensos.

Há tempos, tomei conhecimento dos diferentes tipos inteligências e como elas trabalham em harmonia com as outras quando desenvolvidas corretamente.

As inteligências múltiplas incluem:

É importante enfatizar que essas inteligências são como músculos que podem ser treinados e aperfeiçoados, e todos têm potencial para desenvolver qualquer inteligência em alto grau.

Durante a semana, falaremos mais sobre isso!

Fonte: Trecho do livro “Use sua mente – Como desenvolver o poder do seu cérebro”, de Tony Buzan – Integrare Editora

 


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: