… A carreira ainda existe: a busca por uma carreira de vida!

Por muitos anos a carreira profissional esteve associada à ampliação de desafios e ao reconhecimento pessoal, criando assim uma correlação absolutamente impraticável nos dias atuais, pois os níveis hierárquicos estão cada vez menores e a quantidade de posições disponíveis no “alto da pirâmide” organizacional reduz a cada crise mundial.

Devemos realinhar nossas expectativas de “carreira” lembrando que, com a ampliação da expectativa de vida, dificilmente teremos apenas uma “profissão” em nossas vidas.

Precisamos concentrar nossos esforços e expectativas de desenvolvimento pessoal em desafios e projetos e não mais em uma carreira, sabendo que a profissão ou o emprego atual é só um meio para algo muito mais verdadeiro que a carreira profissional. As expectativas sobre títulos e cargos já não podem ser consideradas mais relevantes do que os desafios que vencemos e as formas que utilizamos para superá‑los.

Durante nossa trajetória, teremos bons empregos e péssimos chefes ou ótimos líderes e terríveis ambientes de trabalho; as escolhas e o modo empregado para realizá‑las vão determinar a verdadeira carreira.

O grande legado do jovem, seu supremo reconhecimento, não acontecerá por uma carreira profissional, mas por sua carreira de vida.”

Leia aqui o primeiro capítulo do livro!

Fonte: trecho do livro “Geração Y – Ser potencial ou ser talento? Faça por merecer” – Integrare Editora

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: