Disciplina é uma decisão

 

 

De acordo com o conceito clássico, disciplina é um regime de ordem. Em outras palavras, é um sistema em que tudo acontece como previamente determinado. Quando a disciplina está presente, aquilo que foi proposto será executado; não há dúvida quanto a isso.

As famosas resoluções de Ano-Novo, por exemplo, costumam frustrar seus idealizadores por dois motivos principais. O primeiro é que elas não são, de fato, colocadas na lista de prioridades. Ficam no campo das probabilidades e, para ser realizadas, dependem de que outras necessidades com maior premência não surjam ao longo do ano. Se emagrecer não for prioridade, trabalhar será; como não podemos não trabalhar, a resolução de emagrecer fica em segundo plano. Isso porque a pessoa não percebe que pode ter mais de uma prioridade, desde que saiba organizar seu tempo. E isso nos remete ao segundo grande motivo das frustrações.

O segundo motivo é a indisciplina. Ela é a mãe do fracasso. O medo é o pai. E o fracasso tem também uma madrinha: a ignorância, em seu sentido amplo; e um padrinho: o planejamento malfeito. Mas acredite: a indisciplina é a causa mais cruel, porque não perdoa nunca. Coragem, conhecimento e planejamento são importantíssimos para o sucesso de uma empreitada, mas tornam-se impotentes sem disciplina. 

 
Fonte: Caminhos da Mudança – Reflexões sobre um mundo impermanente e sobre as mudanças de “dentro para  fora”, de Eugenio Mussak – Integrare Editora

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: